quarta-feira, 12 de março de 2008

Web 2.0, sem limites para criar informação



A Web 2.0 propõe ao internauta uma nova identidade onde ele não terá limite para criar, e expor suas idéias. Os usuários não utilizam a internet apenas como fonte de informação, eles criam a própria informação, o que para muitos é preocupante, para outros é um avanço muito importante.
Essa nova onda da Web 2.0 evoca a idéia de um novo tipo de consumidor, capaz de, criticar, adular e ajudar as empresas que souberem aliar-se a ele. Os números mostram que o Brasil está evoluindo em termos de internet, os brasileiros passam por mês, 23H30MIN na rede mundial. A seguir vêm EUA (19h52min) e Japão (18h41min).
A pergunta que não quer calar é a seguinte: será que nós brasileiros um dia vamos utilizar a internet com a consciência de termos talvez a maior ferramenta de comunicação em nossas mãos?

6 comentários:

Rafa Osti disse...

A web 2.0 é sensacional! Por aqui, acho que os resultados mais efetivos em termos de participação estão no orkut. Hoje mesmo, aprendi a importar a agenda do meu telefone celular através de uma dica no site de relacionamentos mais acessado do Brasil.

Rafael Osti disse...

A propósito, o blog da Creative Licensing Brasil está muito legal, Mona! Achei a linguagem bem universal, apesar da temática ser mais específica.

Para quem ainda não viu, recomendo:
http://hotnewslicensing.blogspot.com/

Kelly Passos disse...

Esta "esfera" muda tanto que os estudiosos mais avançados já trabalham com a idéia de Web 3.0. No caso, as aplicações serão em multiplataformas e rodarão em qualquer dispositivo como pc e celular. Dessa forma, será mais fácil personalizar os serviços para as comunidades.

Kelly Passos disse...

Esta "esfera" muda tanto que os estudiosos mais avançados já trabalham com a idéia de Web 3.0. No caso, as aplicações serão em multiplataformas e rodarão em qualquer dispositivo como pc e celular. Dessa forma, será mais fácil personalizar os serviços para as comunidades.

Kelly Passos disse...

Esta "esfera" muda tanto que os estudiosos mais avançados já trabalham com a idéia de Web 3.0. No caso, as aplicações serão em multiplataformas e rodarão em qualquer dispositivo como pc e celular. Dessa forma, será mais fácil personalizar os serviços para as comunidades.

Creative Licensing Brasil disse...

Osti, li outro dia em um blog corporativo que o site mais acessado entre os brasileiros é o orkut.
Ano passado tive uma experiência bem legal, fiquei "um tempo" sem orkut, a experiência foi fascinante, escrevi até um textinho no meu blog pessoal (acho que vc já viu)... Bom, muitas pessoas (não generalizando) hoje só utilizam a internet com um único objetivo, OLHAR O BENDITO ORKUT. No meu ponto de vista isso é um absurdo e uma perca de tempo. A internet pode nos proporcionar grandes conhecimentos, mas também nos levar ao abismo (aliás, esse é um bom tema para o post dessa semana no inovajor)..rs

Bom acho que é isso..
BJS